SEMINÁRIO NACIONAL CAROLINA MARIA DE JESUS: ESSA CASA É NOSSA!

Depois de uma imersão de 5 dias, estudando, debatendo e analisando as diretrizes para o 3° Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude. Saímos do Seminário Carolina Maria de Jesus, renovados na luta e certos de que este é o momento crucial para colocarmos em prática a nossa proposta de sociedade para o Brasil.

Dizemos e afirmamos que a “Nossa rebeldia é o povo no poder” por isso, neste 3° encontro que se aproxima, precisamos nos manter firmes na construção do projeto popular. Uma proposta de vida para a juventude brasileira que atue contra o genocídio da juventude negra, o racismo, machismo e a LGBTfobia. Que priorize a universalização e acesso ao ensino superior. Por uma proposta que forneça à nossa juventude trabalhos dignos, que não nos explorem. Um projeto que não subordine os jovens camponeses à migração, que garanta a eles o direto à terra. E que também contemple o acesso à cidade aos jovens que, majoritariamente, são marginalizados nas periferias do Brasil, bem como à saúde e à cultura. Que democratize os meios de comunicação, para que o nosso povo não seja manipulado por uma mídia corrupta.

photo715570199401703507Por fim acreditamos que o principal passo para esse nosso projeto é a consolidação de uma Constituinte soberana e exclusiva do sistema político brasileiro. É através do atual modelo de gestão do nosso país, que os nossos povos são explorados, marginalizados e violentados. É através do atual modelo de gestão do nosso país, que somos jogados no quarto de despejo.

O Acampamento Nacional em terras marcadas pela exploração do imperialismo

O crime de Mariana despejou por 826 km um rastro de lama que cheira a morte de nossas terras, roubadas pelo agronegócio, reviradas pela mineração, dos nossos rios drenados pelas barragens, das nossas cidades marcadas pela pobreza, violência e exclusão, da vida de jovens exterminados, de um sistema político nas mãos de uma elite corrupta e assassina, vendida ao imperialismo. Só a luta trará justiça para Mariana, só a luta mudará a vida! E a vida necessita ser uma nova vida! Por isso nós, jovens, do Levante Popular da Juventude nos movemos organizados em nossos bairros, comunidades, escolas e universidades por um novo projeto para o Brasil, um projeto popular!

O Acampamento Nacional será um momento importante na trajetória de lutas de Minas Gerais que traz em seu leito histórico a resistência do povo Borun contra a invasão colonial, o quilombo dos Ambrósios, a luta de Chico Reis pela libertação de cada homem e mulher escravizada, a resistência estudantil a ditadura militar, a resistência dos sem terra em Ariadnópolis, as greves dos professores do SindUTE, o picho no concreto, as marchas pelo asfalto.

Em setembro virá um Levante Popular da Juventude do Brasil inteiro para declarar com nossas cores, amores e saberes esse novo Brasil que nasce de nós, germina por nossas células, pela certeza que essa obra caberá somente ao povo brasileiro.

Encerramos o nosso Seminário Nacional Carolina Maria de Jesus com o compromisso de viralizar e enraizar um novo projeto de vida para a juventude brasileira, sem as marcas da exclusão social, econômica, política e cultural. Voltamos para os nossos estados marcados pela força e luta dessa mulher-trabalhadora-escritora que nos alertou: jogaram o nosso povo num Quarto de Despejo, mas somos a voz de milhares de jovens e eles não nos calarão, essa casa é nossa! O Brasil é nosso!

E será por esse exemplo de vida, com a mesma força e ousadia que mobilizaremos jovens de centenas de cidades para o 3º Acampamento Nacional! Em 2012 fomos mil, três mil em 2014 e agora seremos sete mil jovens.

Percorreremos rios e estradas, horas e dias, para chegar até Minas Gerais. O que nos move? O que nos faz um em meio a toda a nossa diversidade? É o peito que se enche de rebeldia, as cabeças que florescem sonhos e as mãos que chamam por outras mãos!

É tempo de avançar de mãos dadas! É tempo de acender a rebeldia e apontá-la para a tomada do poder!

A NOSSA REBELDIA É O POVO NO PODER!


Deixe seu comentario