Contra as senzalas modernas: Não a redução! Fora Cunha!

Neste dia 20 de Novembro de 2015, 320 anos da batalha na Serra da Barriga entre Zumbi e Domingos Jorge Velho, o Levante Popular da Juventude vai às ruas pelo Dia Nacional da Consciência Negra construindo ações e atos por todo país denunciando: Contra as senzalas modernas: não a redução! Fora Cunha!

A Proposta de redução da maioridade penal (PEC 171/93) – pauta sempre levantada pelos setores mais conservadores – coloca o encarceramento dos jovens, negros, pobres como solução para a criminalidade no país. Porém estes menores cometem menos de 1% dos crimes e, destes, apenas 3% são considerados graves, segundo critérios da própria proposta.

Desta forma, o que antes parece uma medida para promover Segurança Pública, na verdade sintetiza ódio e desejo por punição fortalecido pela mídia que revela o quanto o Brasil ainda precisa superar o seu racismo, significando intenso retrocesso aos direitos fundamentais e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) quanto às previsões de políticas públicas de proteção integral da infância e juventude.

Eduardo Cunha ao longo deste ano a frente da presidência da Câmara dos Deputados buscou capitanear uma ofensiva conservadora no país com propostas de retrocessos, utilizando inclusive manobras no regimento da Câmara e ameaças a parlamentares para garantir aprovação da proposta de redução da maioridade penal.

Este episódio escancara o esgotamento de nosso sistema político. Eduardo Cunha desde as empresas que financiaram sua campanha está comprometido com o encarceramento da juventude negra e personifica a manutenção de velhas estruturas que negam um futuro de cidadania, liberdade e vida para a população negra.

Viveremos e Venceremos!

51524cfc-6d35-4ff3-b3cb-1620ac20bcae


Deixe seu comentario