Nota em solidariedade a Igreja Batista do Pinheiro (AL)

O Levante Popular da Juventude de Alagoas vem a público manifestar apoio e solidariedade a Igreja Batista do Pinheiro, que no último período tem sido hostilizada por terem oficializado a entrada de membros homossexuais na comunidade religiosa. Após formalizarem e publicizarem a decisão da igreja com o batismo de homossexuais, a comunidade tem recebido diversos ataques, de cunho homofóbico e intolerante, além dos diversos tipos de ameça.

 
Em nossa recente e ousada caminhada da construção e consolidação do Levante Popular da Juventude em Alagoas, diversos elementos servem como combustíveis que impulsionam nossa necessidade de organização e atuação, o principal deles, com toda a certeza, é a necessidade de combater toda as formas de injustiças que tomam conta desse estado, famoso pelos piores índices sociais que atingem, em especial, a juventude negra, pobre, as periferias, as mulheres, os negros e negras, os LGBTs e o conjunto da classe trabalhadora. É a disposição de construir outra sociedade que nos faz existir.

 
Nessa caminhada também temos inspirações… Dos companheiros, companheiras e das diversas organizações populares que trazem em sua história a coragem e a bravura de lutar pela justiça, ao lado dos explorados e oprimidos na construção de uma nova sociedade.
Nas bases da inspiração dos que estão ao nosso lado nessa caminhada e da necessidade de transformar esse cenário que vivemos, não poderíamos nos calar frente aos ataques.

 
Lembramos nesta nota que uma das nossas primeiras reuniões em Maceió, foi a Igreja Batista do Pinheiro que abriu as portas para que nós fizéssemos nosso encontro de debate e planejamento coletivo, assim, é nossa responsabilidade afirmar nossa posição em relação à comunidade que nos recebeu uma vez e, certamente, mostra-se de portas abertas para dar o apoio possível para a organização do nosso movimento em Alagoas.
Precisamos lembrar também do histórico que essa igreja tem construído ao lado dos movimentos sociais do campo e da cidade do nosso estado. É na coerência que a comunidade tem tido em sua trajetória que nos firmamos a prestar nosso companheirismo.

 
Nós, enquanto organização da Juventude que almeja outro tipo de sociedade, deixamos nosso posicionamento de repúdio a toda e qualquer forma de opressão e exploração que sustenta o atual modelo de vida.
Registramos aqui nossa solidariedade a toda a comunidade da Igreja Batista do Pinheiro, na certeza de que estaremos lado a lado em outros momentos de reafirmar nossa posição aos ataques opressores.
Seguiremos em luta, na firmeza do compromisso dos lutadores e lutadoras do povo que escrevem a história de resistência e rebeldia em todo o mundo.

 

 

Agora, o Levante Popular da Juventude em Alagoas, também seguirá construindo essa história.

Um grande abraço!
Às/aos lutadores/as: avante!

Maceió – AL
Março de 2016


Deixe seu comentario