Carta aberta aos bravos jovens do Levante Popular da Juventude

Estimados e bravos companheiros do Levante Popular da Juventude. Acompanhei as jornadas de luta pela Verdade e Justiça, que vocês realizaram em diversas cidades do Brasil. Foi um ato de muita coragem política, coragem esta que tem faltado a tantos que se dizem “democratas” ou “de esquerda”. 


Quando muitos desacreditavam e falavam da alienação da juventude atual, surgem vocês para refutar todos os teóricos do marasmo e do imobilismo. Quando os que torturaram, assassinaram, estupraram, ocultaram cadáveres, pensavam dormir tranquilos graças à omissão e ao esquecimento de boa parte da sociedade, surgem vocês para mostrar que ainda há memória, que não há justiça sem verdade, surgem vocês para dar os nomes dos criminosos e mostrar os seus crimes. 


Tortura é um crime imprescritível. Todo torturador é um covarde. Não existe, e nunca existiu em tempo algum, um torturador honrado, corajoso ou digno. Diante do crime que é a tortura só temos duas alternativas: ou somos indignados ou somos indignos. Vocês nobremente escolheram o caminho da indignação, da verdade, da justiça. Vocês lutam e defendem a importância de ser tratados e tratar aos demais como seres humanos. Isso não é pouca coisa numa sociedade cínica e aética. 


Vocês criaram algo novo no Brasil. O Levante Popular da Juventude retomou as esperanças de uma nação inteira. Nossos corações estão com vocês. Não só os velhos lutadores contra a ditadura, mas toda uma nova geração que se sente fraudada com o dia a dia da pequena política, da corrupção, da mediocridade e insensibilidade dos poderosos. Outro Brasil é possível! Com justiça, liberdade e democracia de verdade! Lutemos para que isso se torne real! 


Neste momento milhares de olhos olham para vocês. Os olhos dos inimigos do povo, que já aprenderam a teme-los, os de cidadãos comuns que recuperaram as esperanças de mudanças, e os de milhares de jovens que sonham em ser como vocês. O Levante Popular da Juventude veio para mudar o Brasil, e já está mudando! 


As idéias justas são invencíveis. Quem as semeará, cultivará e e as fará triunfar? Vocês. Não se acomodem, não se corrompam, não se vendam. A geração de vocês em breve governará este país. Regenerem-no. Cuidem dele desde já. Rebelem-se contra toda injustiça, contra os malfeitos e os malfeitores. Creio que foi Lawrence da Arabia quem disse: “todos os homens sonham… mas não igualmente. Aqueles que sonham à noite acordam de dia para achar que era só imaginação; mas aqueles que sonham de dia são homens perigosos, pois podem viver seus sonhos de olhos abertos, para torná-los realidade”. Acreditem em seus sonhos! 
Parabéns a todos vocês, que resgataram os sonhos e esperanças de toda uma nação! 

Viva o Levante Popular da Juventude!  Viva a Juventude Brasileira!     

Miguel Gonçalves Trujillo Filho

preso pelo DOI-CODI de S. Paulo, em 9 de outubro de 1975, aos 22 anos