Um olhar sobre juventude e periferia em tempos de CoronaChoque
Campinas SP 07 09 2020 Grito dos excluidos reune Carteiros em greveeducares ocuparam as ruas no centro de Campinas foto Gulherme Gandolfi.

Um olhar sobre juventude e periferia em tempos de CoronaChoque

A juventude dos dias atuais tende a não se encontrar nas organizações forjadas nas décadas anteriores. As principais organizações de esquerda construídas na década de 1980 enfrentam desafios organizativos para incorporar esses sujeitos. Isso não quer dizer que essa juventude não faça política, não participe de coletivos e não forje suas redes de sociabilidade. Nosso desafio, contudo, é entender onde e como se dá a participação do jovem, se tornam sujeitos coletivos e compartilham suas vivências, angústias, sonhos e soluções.

Manifesto pelo Futuro

Quando confrontados por nós, barrigas famintas, os imperialistas pegam suas armas. Quando confrontados pelos imperialistas, nós, barrigas famintas, nos damos os braços e marchamos adiante.

Agentes Populares: a educação construída em mutirão
A proposta dos Agentes Populares de Educação surge em um momento em que as demandas da população vão se tornando ainda mais emergenciais, por exemplo, com o fechamento das escolas - Reprodução

Agentes Populares: a educação construída em mutirão

Para a direita ligada ao pensamento do governo federal, quanto menos conhecimento, melhor