Despejo na Barra dos coqueiros deixa claro posicionamento dos poderes com relação a questão da moradia

Despejo na Barra dos coqueiros deixa claro posicionamento dos poderes com relação a questão da moradia

Se são muitas as políticas de habitação colocadas pelo governo federal, claro é o posicionamento do judiciário quando os trabalhadores se organizam e explicitam a real necessidade de morar. Quem esteve ontem durante o dia em Barra dos coqueiros pode acompanhar a forma como o povo foi tratado e expulso de suas moradias sem resolução pratica do que seria feito pelos governos.

A promotoria púbica da comarca de Barra dos Coqueiros se negou a apoiar os moradores, nenhuma assistente social nem do governo, nem da prefeitura se fizeram presentes. Somente tratores e a policia para humilhar o povo e destruir em segundos as moradias construídas com muito esforço pelos ocupantes.

Indignação, choro e revolta pela falta de posicionamento daqueles que deveriam defender o direito do povo. As únicas autoridades presentes da prefeitura foram o secretario de assuntos jurídicos que lá estava pra fazer acontecer o despejo, secretario de comunicação que em seu pronunciamento deixa claro que só estava ali para tirar fotos e o deputado João Daniel que procurou a justiça , os governos na tentativa de impedir o despejo.

Infelizmente os prefeitos insistem na antiga formula de articular políticas publicas somente nos espaços de guetos eleitorais onde o povo deve somente pedir , quando lutam são enxergados como empecilhos para o desenvolvimento dos municípios.

Os grandes projetos da especulação imobiliária estão sendo construídos a todo vapor, nem o terreno onde serão construídas o projeto de habitação popular para as famílias de Barra dos Coqueiros está definido. Ao invés de enxergar o povo como empecilho os prefeitos e os governos deveriam apoiar iniciativas populares não repudiar e se juntar ao judiciário para fazer valer os desejos da alta burguesia sergipana que comemora ao passar pela ponte barra – Aracaju.

Nesse momento as famílias estão acampadas na quadra de esporte da Barra dos Coqueiros, organizadas e lutando, temos a clareza de quem são nossos inimigos e não vamos nos calar.

Chega de Despejo Moradia Popular é um direito!

MOTU – Movimento Organizado dos Trabalhadores