Levante rumo ao Congresso da UNE

Levante rumo ao Congresso da UNE

Entre os dias 29 de maio e 2 de junho irá acontecer em Goiânia (GO) o 53º Congresso da União Nacional dos Estudantes, o CONUNE. É o maior e mais importante fórum de deliberação sobre os rumos do movimento estudantil brasileiro, no qual acontecem debates sobre educação, conjuntura e movimento estudantil, além da eleição da nova diretoria da entidade.

O Congresso da UNE acontece a cada dois anos. O último, em 2011, reuniu mais de dez mil estudantes, e milhares de delegados representando 97% das universidades brasileiras. Plural, o CONUNE conta com a participação de praticamente todas as organizações da juventude brasileira, sendo o espaço mais representativo do movimento estudantil em âmbito nacional.

Após a nacionalização do Levante Popular da Juventude entendemos que também temos responsabilidade sobre os rumos do movimento estudantil nacional e que nossa frente estudantil deve fazer o debate e a disputa sobre os rumos da UNE, para que a entidade também contribua, de forma fundamental, na construção do Projeto Popular para o Brasil.

No material abaixo você pode conhecer um pouco mais do que temos pensado sobre a UNE, o movimento estudantil, a educação e a realidade brasileira.

O processo eleitoral para o Congresso começou em 18 de março e vai até 17 de maio. É possível acompanhar as eleições de todas as universidades do país no site da UNE  (http://www.une.org.br/congresso/). Em algumas universidades quem está organizando o processo eleitoral é o DCE, em outras – em que não existe DCE ou que esse não manifestou interesse – as eleições podem ser organizadas por comissões formadas por 10 estudantes.

Em diversas universidades por todo o país o Levante Popular da Juventude está organizando chapas para eleger delegados para participarem do congresso. Se você concorda com nossas leituras e propostas, se some a nós nesse processo. Entre em contato com o Levante na sua universidade ou  pelo email [email protected] para receber mais orientações. Para que possamos, juntos, construir uma participação no CONUNE com toda a alegria, ousadia e irreverência, da juventude que ousa lutar