Carta de Solidariedade ao Povo Palestino

Carta de Solidariedade ao Povo Palestino

“Se você treme de indignação perante uma injustiça no mundo, então somos companheiros.”

Che Guevara

A luta por uma sociedade justa, igualitária e solidária é uma necessidade e também uma esperança, capaz de unir todos oprimidos e explorados do mundo. Do outro lado da trincheira estão aqueles, poucos, detentores do poder econômico e militar, que sempre usarão da força para sufocar qualquer movimento de contestação do sistema e da ordem vigente.
A última investida israelense na faixa de Gaza já contabiliza mais de 1.302 mortos e 7.000 feridos, com uma grande parte de mulheres e crianças. O histórico do conflito entre Israel e Palestina demonstra que nunca houve guerra em pé de igualdade, e sim massacre ao povo, a cultura, a liberdade do povo palestino.

Compreendendo a necessidade de expressar a solidariedade, os movimentos que assinam esta carta realizaram, no dia 28 de julho, um ato de apoio ao Povo Palestino, tendo como síntese esta carta.
Palestina Livre!


Assinam esta carta:

  • Associação Sergipana de Hip-Hop – Aliados Pelo Verso – ALPV
  • Consulta Popular
  • Coletivo de Diversidade Sexual Mão Roxa
  • Coletivo Quilombo
  • Diretório Central dos Estudantes- DCE/UFS
  • Levante Popular da Juventude
  • Movimente Fora da Ordem
  • Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra – MST
  • Marcha Mundial das Mulheres
  • Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos
  • Movimento dos Pequenos Agricultores