NOTA DE SOLIDARIEDADE AO QUILOMBO CAMPO GRANDE (MST-MG) E DE DENÚNCIA AO GOVERNO CRIMINOSO DE ROMEU ZEMA

NOTA DE SOLIDARIEDADE AO QUILOMBO CAMPO GRANDE (MST-MG) E DE DENÚNCIA AO GOVERNO CRIMINOSO DE ROMEU ZEMA

O Levante Popular da Juventude vem por meio desta nota manifestar todo apoio às 450 famílias que vivem e produzem no Acampamento Quilombo Campo Grande, situado no munícipio Campo do Meio, no estado de Minas Gerais. Nesta semana, o Judiciário aprovou uma ação de despejo e a Polícia Militar, a mando do governador Romeu Zema (Partido Novo), está em operação truculenta desde a quarta-feira (12) para retirar homens e mulheres e jovens trabalhadores de suas terras, agindo com violência inclusive contra as crianças que estão no local.

Já são 48h de ataques por parte da tropa de choque e unidades da polícia. A escola Eduardo Galeano, localizada no acampamento, foi completamente destruída e parte da produção queimada. Ainda que assentados tenham sido feridos durante a ação policial, no momento está sendo impedido o acesso de ambulâncias para prestar socorro no local. Além disso, a Polícia Militar também está impedindo o acesso da imprensa e advogados. 

Quem está cometendo crimes é o governador Romeu Zema, que permite que a polícia esteja nesse momento cercando as famílias, impedindo a entrada de alimentos, de parlamentares e  apoiadores no Quilombo. Dessa forma, pretendem esconder a violência que estão usando contra o povo trabalhador. Mais um crime contra a vida e os direitos humanos!

Não podemos aceitar que num momento de pandemia a ação do Estado seja retirar famílias de suas casas, colocando-os em risco e beneficiando grandes latifundiários. O Quilombo Campo Grande existe há 20 anos e produz em média 510 toneladas de café ao ano, além de outros alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra é um dos principais produtores de alimento saudável do nosso país. Não aceitaremos sua criminalização!

Reafirmamos nossa incansável luta ao lado do MST contra o latifúndio e pela Reforma Agrária. Convocamos a juventude para denunciar Romeu Zema, que aplica uma política neoliberal de aprofundamento da retirada de direitos sociais do povo mineiro. Prestamos toda nossa solidariedade ao MST e as famílias do Quilombo Campo Grande. 

Viva a luta dos movimentos populares! 

#ZemaCriminoso #ZemaCovarde #SalveoQuilombo